quinta-feira, 23 de abril de 2020

BRINCAR COM AS PALAVRAS - LITERATURA

EMEB TEREZA DELTA - BRINCAR COM AS PALAVRAS - LITERATURA 

Mês de abril – semana de 22 a 24
QUARTA - dia 22 
QUINTA - dia 23
SEXTA - dia 24
RESPONSÁVEL 
Glenda
RESPONSÁVEL
Daniela
RESPONSÁVEL:
Caroline
OBRA LITERÁRIA 
A COLCHA DE RETALHOS-
OBRA LITERÁRIA
QUANDO ME SINTO ZANGADO
OBRA LITERÁRIA: 
O Homem que amava caixas.
PROPOSTA:  
A importância da relação afetiva entre as pessoas da mesma família, da escola, pois é assim que a criança aprende a amar e ser amada.
É importante refletir sobre o ser humano como um ser de projeto que se estrutura, social e psiquicamente, também nas relações de trabalho. Entender que o homem não anda sozinho, que há caminhos que se completam.
Ninguém é igual ao outro. Nada de repetição, de monotonia. Um completa o outro. Um apóia o outro formando a humanidade. Eu sou um pedacinho no grande conjunto.

  • Ler para a criança, em seguida questione qual parte ela mais gostou da história e porque.
  • Faça um desenho para representar, como seria sua colcha de retalhos.
  • Entrevista com a vovó, ou a mamãe.
Onde você nasceu e em que ano foi?
Como você gosta de se vestir?
Quem ensinou a cozinhar e se você gosta de cozinhar?
Como era a vida das crianças na sua época? Como estudavam? 
Do que brincavam? Como eram as aulas? 
  • Hora da receita ( convide sua vovó ou seu familiar para fazer uma receita de ela mais gosta).
  • OFICINA DE BRINCADEIRAS DO TEMPO DA VOVÓ
 Vamos brincar no campo com algumas brincadeiras do tempo da vovó;
  Pata cega·        
 Pega - pega
  Esconde-esconde Boca de Forno
 Pular corda

PROPOSTA:
Este livro faz parte de uma coleção que fala dos sentimentos. Perceber que os sentimentos e as reações fazem parte do dia a dia do ser humano, ainda mais em tempos de isolamento social, é importante para as crianças. Elas precisam falar, vivenciar histórias, discutir sobre os sentimentos e suas reações. Dessa maneira, a criança aprende o autocontrole sobre as emoções. 
Ficar com raiva não é ruim, mas tem que aprender a lidar com essa sensação.
Para ajudar a criança, seguem sugestões:

  • Fazer a leitura do livro.
  • Após a leitura perguntar para a criança se ela sabe o que é ficar zangada ou com raiva.
  • O adulto deve expressar também em que momento ele se sente zangado.
  • Pedir para a criança desenhar com uma cor que ela acha que pode representar esse sentimento. E também desenhar momentos que ela sente-se zangada.
  • Conversar com a criança sobre o desenho e estreitar os laços com esse momento.
PROPOSTA:Esse livro conta a história de um homem que era apaixonado por caixas e por seu filho. O único problema é que, como muitos pais, ele não sabia como dizer ao filho que o amava e aproveitava sua arte com as caixas para demonstrar seu afeto. 

  • Conte a história para as crianças utilizando o recurso que achar melhor.
  •  Depois da leitura convide as crianças para observarem em suas casas se há caixas vazias que iriam para o lixo.
  •  Proponha uma atividade em que as crianças e vocês transformem as caixas em algo novo que pode ser uma boneca, um carrinho, um robô ou outra coisa que a imaginação mandar.
  • Após a construção, utilizar os materiais que tem a disposição em casa para decorar da maneira que quiserem.












Nenhum comentário:

Postar um comentário